MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
04/04/2014
REVIEW - HQ: OS SUPREMOS - SEGURANÇA NACIONAL
 
 
Os Supremos - Segurança Nacional
 
 
 
 
 
 
 
 


Após o grande sucesso por parte de crítica e público em relação ao arco inicial Os Supremos - Super-Humano, a expectativa para a continuação era grande. Todo mundo estava ansioso para saber o que aconteceria após o genocídio provocado pelo Hulk em decorrência da irresponsabilidade e ganância do fraco e desestabilizado Bruce Banner, assim como era grande a curiosidade para saber como um grupo tão heterogêneo de heróis, e anti-heróis, iria atuar em conjunto. E, acima de tudo, todos queriam saber se a dupla Mark Millar e Bryan Hitch iria manter a mesma qualidade do início do supergrupo da linha Ultimate.

E como é bom quando uma expectativa se mantém ou, melhor ainda, quando é superada. Afinal, nada é mais frustrante do que aguardar ansiosamente por um novo arco ou uma nova revista e, ao longo da leitura, os bocejos e torcidas de nariz passam a ser inevitáveis.

Após o caos espalhado pelo Hulk na cidade de Nova York, com a subsequente intervenção dos Supremos e ampla cobertura da imprensa, a equipe de super-humanos se torna pública, e passa a ser alvo de críticas e também de idolatria por parte da população norte-americana. Mas as incríveis habilidades de cada integrante serão testadas até os últimos limites com a descoberta, pela S.H.I.E.L.D., de uma invasão alienígena clandestina na Terra, que já está em andamento há várias décadas.

Banner é detido e permanece em custódia quando descobre que a mistura do soro do Hulk com o soro do supersoldado fez com que o gigante verde permanecesse inerte em seu corpo, e que pode ressurgir a qualquer momento de grande irritação. Como se esse pequeno inconveniente não bastasse, Nick Fury descobre que há uma iminente ameaça de guerra por parte dos Chitauri, uma raça alienígena transmorfa que vive infiltrada secretamente entre os seres humanos desde o século XVIII e que foi responsável por diversos conflitos gerados com o intuito de desestabilizar a raça humana, como foi o caso da Segunda Guerra Mundial. E esta mesma raça agora quer iniciar uma nova guerra para dominar o que restar de seres humanos após um grande extermínio. E a nova investida tem início com um ataque interno à S.H.I.E.L.D., numa tentativa de enfraquecer a defesa da Terra e tornar o plano todo mais eficaz.

A equipe então une forças com os irmãos Feiticeira Escarlate e Mercúrio, da Irmandade de Mutantes – que a princípio não são revelados ao público por serem mutantes e, ainda por cima, de uma dissidência radical – e com os agentes de elite Viúva Negra e Gavião Arqueiro, da S.H.I.E.L.D. Além disso, contam com a ajuda do Hulk, que, por ser uma fera estúpida, é facilmente manipulada pelo Capitão América e acaba agindo como aliado dos Supremos.

Se o tom adulto conferido ao primeiro arco foi um dos pontos positivos, então seria óbvio que o estilo se manteria na continuidade. E não só foi mantido como também foi enaltecido. Aqui vemos uma S.H.I.E.L.D. – e consequentemente seus membros de alto escalão, como Nick Fury, Natasha Romanov e Clint Francis Barton – pouco ética, manipuladora e politiqueira, que não mede esforços para atingir seus objetivos. Mas a maior polêmica certamente gira em torno de Hank Pym e Janet van Dyne, que protagonizaram uma enorme briga de casal no volume anterior e aqui vivem as consequências disso. A intromissão de Steve Rogers no assunto é sensacional e um dos pontos altos do arco.

Enfim, não há dúvidas de que Millar e Hitch conseguiram manter o alto padrão narrativo das primeiras histórias dos Supremos, e ainda apimentaram o supergrupo com a entrada de novos membros tão ou mais polêmicos que os originais. Isso só comprova a qualidade da dupla e coloca Os Supremos no rol de grandes sucessos da Casa das Ideias.

Os Supremos - Segurança Nacional (Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel Vol. 29) - 200 páginas - formato 17 x 26 cm - R$ 29,90 - lançado em fevereiro de 2014 – Editora Salvat do Brasil (coleção prevista para ter 60 volumes).

Veja também:
- Notícias diversas sobre Os Supremos
Notícias diversas sobre Os Vingadores
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil