MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
26/05/2014
REVIEW - DVD: VIAGEM À LUA DE JÚPITER
 
 
Viagem à Lua de Júpiter
 
 
 
 
 
 
 
 


O filme foi pouquíssimo comentado aqui no Brasil, e também não causou grandes comoções em seu país de origem, os Estados Unidos. Mas apesar do lançamento modesto, Viagem à Lua de Júpiter (Europa Report) tem seu charme. Trata-se de um thriller de ficção científica com jeitão de documentário que registra a história de uma missão tripulada contemporânea à lua Europa, que orbita o planeta Júpiter. O propósito da missão é investigar as informações obtidas por sondas não tripuladas enviadas a Europa, que apontaram para a possibilidade de existência de vida unicelular em um oceano escondido sob as camadas de gelo da lua de Júpiter.

A história é narrada pela doutora Unger (Embeth Davidtz), diretora executiva da Europa Ventures, companhia responsável pelo envio da missão, que relata toda a trajetória dos seis astronautas: o capitão Willam Xu (Daniel Wu), a piloto Rosa Dasque (Anamaria Marinca), o diretor de ciência Daniel Luxemburgo (Christian Camargo), a diretora de biologia marinha Katya Petrovna (Karolina Wydra), o engenheiro júnior James Corrigan (Sharlto Copley) e o engenheiro-chefe Andrei Blok (Michael Nyqvist).

Depois de seis meses de missão, uma tempestade solar atinge a nave e ocasiona sérios problemas com a comunicação da missão. Blok e Corrigan buscam reparar os danos pela parte externa da nave, mas um acidente contamina Corrigan com hidrazina, e aí os problemas começam a abalar toda a equipe.

Ao vigésimo mês, a nave finalmente pousa com segurança, mas não na zona alvo original. A tripulação inicia os exercícios de exploração e libera uma sonda abaixo da camada de gelo. Blok vê uma luz do lado de fora da nave, mas não consegue gravar e convencer o restante da tripulação sobre o que avistou. Mas, como prova de que Blok não estava equivocado, a sonda é atingida por um objeto iluminado misterioso. E é aí que se intensificam os acontecimentos estranhos envolvendo a nave e a tripulação da missão.

O foco do filme é a visão científica de uma possível busca por vida alienígena no sistema solar. Portanto, não espere cenas eletrizantes de ação, romances melosos, dramalhão cheio de chororô e pancadaria desenfreada. Aqui é conversa é outra. E é justamente por isso que o filme foi bastante criticado por muitos.

Viagem à Lua de Júpiter nem de longe é um filme de ficção científica como os que vêm sendo lançados ultimamente (Elysium, Ender´s Game, Oblivion, etc.). Tem lá alguns momentos de tensão, mas nada que possa classificá-lo como um filme de ação. E isso acaba por desagradar muitas pessoas, pois o filme é bem parado. Em alguns momentos, chega a dar sono, pois não sai da lenga-lenga dos afazeres habituais da tripulação dentro da nave, o que deixa a sensação de que o filme poderia ter sido “resumido”. Mas isso seria um verdadeiro equívoco, pois não seria possível transmitir a real sensação de como se daria uma missão como essa.

Enfim, um interessante e belo filme de ficção científica para quem tem paciência ou uma garrafa de café ao lado. Mas as cenas externas na lua de Júpiter são belíssimas e valem a longa espera.

Elenco: Anamaria Marinca, Michael Nyqvist, Karolina Wydra, Daniel Wu, Sharlto Copley, Christian Camargo, Embeth Davidtz, Dan Fogler, Isiah Whitlock Jr., Neil deGrasse Tyson. Roteiro: Philip Gelatt. Direção: Sebastián Cordero.

Veja também:
- Galeria de imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Viagem à Lua de Júpiter
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil