MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
23/01/2015
REVIEW - HQ: HULK CONTRA O MUNDO
 
 
Hulk Contra o Mundo
 
 
 
 
 
 
 
 


Hulk passou por maus, ou melhor, péssimos bocados no distante e brutal planeta Sakaar na épica saga Planeta Hulk (parte 1 e parte 2). Foi escorraçado, vilipendiado, hostilizado, alvejado e teve até seu sangue sugado. Como se isso tudo não bastasse, viu Caiera, uma grande e honrada guerreira, por quem se apaixonou e com quem se casou, morrer junto a milhares e milhares de habitantes das variadas raças que habitavam o planeta, agora liberto pelas mãos do Cicatriz Verde, eleito o novo rei por seus novos e apaixonados seguidores.

Com o planeta Sakaar em ruínas, Hulk retorna à Terra babando de raiva. Quer vingança a qualquer custo. E seus alvos são os Illuminati, um grupinho secreto que trabalha por debaixo dos panos formado pelos bambambãs da Casa das Ideias: Stephen Strange, o Doutor Estranho; Reed Richards, o Senhor Fantástico; Anthony Stark, o Homem de Ferro; e Blackagar Boltagon, o Raio Negro, rei dos Inumanos (Namor e Professor X também faziam parte do grupo na época, mas Xavier estava afastado e Namor foi contra o banimento do Hulk). Os quatro foram os responsáveis pelo exílio do Hulk ao espaço, que acabou indo parar em Sakaar, dando origem a toda a história dramática vivida pelo Golias Esmeralda. E ele também acredita que os Illuminati foram os responsáveis pela explosão da nave com a qual fez sua viagem, explosão esta que ocasionou a destruição do planeta.

Hulk volta à Terra em companhia dos amigos que criou em Sakaar, guerreiros de elite com quem lutou e com quem depois se aliou para derrotar o despótico imperador de Sakaar. O Gigante Verde nunca esteve tão tomado pela raiva e, consequentemente, nunca esteve tão forte e tão obstinado. Provavelmente cegamente obstinado, ainda que cheio de razão em relação a determinadas questões. E sua motivação é apenas uma: dar uma lição exposta publicamente àqueles que o expulsaram de seu planeta e que, como ele acredita, foram responsáveis pela morte de milhões de pessoas e de sua esposa.

Logo de início, Raio Negro tomba diante de ferocidade de Hulk. Levando em conta o elevado poder do rei dos Inumanos, os demais Illuminati passam a se preparar para o pior. E o pior vem à cavalo! A situação fica tão crítica e devastadora que a única solução é pedir ajuda ao super-herói mais poderoso da Terra, o Sentinela. Porém, Robert Reynolds sofre de agorafobia (medo mórbido de se achar sozinho em grandes espaços abertos ou de atravessar lugares públicos) e ainda tem surtos de esquizofrenia. Até que o rapaz decida ajudar, muita destruição é causada pelo Quebra-Mundos, um dos diversos “apelidos” que Hulk recebeu em Sakaar.

Greg Pak e John Romita Jr. são extremamente habilidosos em contar a história do retorno de Hulk ao seu planeta após passar de escravo a rei em Sakaar, numa história dramática e envolvente que reúne os mais poderosos heróis da Terra em um combate digno de um épico moderno. Um Hulk dignamente retratado como um personagem forte e poderoso não apenas em relação aos seus músculos. Um Hulk muito mais profundo do que apenas “Hulk esmaga”. Sem dúvida, um dos maiores clássicos da história de Bruce Banner e sua contraparte gigantesca.

Hulk Contra o Mundo (Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel Vol. 56) - 224 páginas - formato 17 x 26 cm - R$ 32,90 - lançado em dezembro de 2014 – Editora Salvat do Brasil (coleção prevista para ter 60 volumes).

Veja também:
- Notícias diversas sobre o Incrível Hulk
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil