MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
09/03/2015
REVIEW - CINEMA: OS CAVALEIROS DO ZODÍACO - A LENDA DO SANTUÁRIO
 
 
Os Cavaleiros do Zodíaco: A Lenda do Santuário
 
 
 
 
 
 
 
 


A série Os Cavaleiros do Zodíaco está para completar 30 anos de existência e é um dos mangás/animes mais cultuados do planeta, ao lado de DragonBall. Sendo assim, possui uma legião enorme de fãs que conhecem a fundo cada detalhe do enredo e dos personagens. Enredo, aliás, bastante extenso e ricamente povoado. Portanto, qualquer proposta de reboot, como é o caso aqui, fatalmente desagradará a quem acompanha Seiya e seus parceiros há bastante tempo. Principalmente quando a releitura é orientada a atrair novos fãs, mas sem afastar os antigos. Proposta praticamente conflitante, difícil de obter sucesso.

Para começo de conversa, o novo longa-metragem foi visivelmente adaptado para o público ocidental, com os Cavaleiros de Bronze rejuvenescidos e Seiya com sua personalidade alterada para um jovem descontraído, quase um alívio cômico para a animação. Chega a ser irritante a expressão corporal do personagem, que saltita feito peixe fora d´água e gesticula e balança os braços como um polvo. Os personagens chegam a ser quase irreconhecíveis em alguns momentos, tudo em prol de agradar a molecada de hoje.

Ainda com este objetivo em mente, é nítida a mistura de anime com o estilo Pixar, resultando num jeitão meio Big Hero 6. Só que tudo isso belamente criado em 3D, com um visual de impacto que deve agradar, ou surpreender, até mesmo os fãs das antigas. Os cenários, as texturas e as cenas de ação não chegam a ser de cair o queixo, mas também não fazem feio. Nem de longe.

Mas o problema não fica por conta apenas da ocidentalização da produção original japonesa, com sua consequente descaracterização dos personagens. O que mais incomoda é a falta de profundidade em relação à personalidade de Atena e seus Cavaleiros de Bronze, inclusive na relação estabelecida entre todos eles. Os leigos em Cavaleiros do Zodíaco ficam a ver navios em relação às motivações dos personagens, tratados de maneira superficial em detrimento da ação. Os conflitos dramáticos cederam lugar à pancadaria, e isso parece ser admitido quando dizem a Seiya que nem tudo pode ser resolvido apenas com lutas. “Faça o que eu falo, mas...”

E mais: o enredo é extremamente corrido. As coisas começam a acontecer e, antes mesmo de se começar a entender o que está acontecendo, a história prossegue aos saltos, sem explicações, sem motivações aprofundadas, tudo muito superficial. Nós nem sequer ficamos sabendo ao certo o porquê dos Cavaleiros de Bronze se dedicarem fielmente à proteção de Atena. O máximo que temos é um maniqueísmo forçadamente estabelecido, com os Cavaleiros de Ouro, por exemplo, escolhendo cada um o seu lado sem mais nem menos. E dá-lhe porrada! Parece que é só o que importa. Claro que se trata de uma animação de ação, portanto é natural que a treta coma solta. Mas os fãs mereciam mais do que um enredo à la Dolph Lundgren, Steven Seagal, Jason Statham...

Um filme capaz de proporcionar bons momentos de entretenimento a quem nunca assistiu à longa série de animação dos Cavaleiros do Zodíaco. Porém, para os fãs...

Vozes originais: Kaito Ishikawa, Kenji Akabane, Kensho Ono, Nobuhiko Okamoto, Kenji Nojima, Go Inoue, Ayaka Sasaki, Rikiya Koyama, Ren Ôsugi, Shinji Kawada, Mitsuaki Madono, Daisuke Namikawa, Hiroaki Hirata, Mitsuru Miyamoto, Masumi Asano, Takuya Kirimoto, Toshiyuki Morikawa, Kôichi Yamadera. Dublagem brasileira: Letícia Quinto, Hermes Baroli, Élcio Sodré, Francisco Brêtas, Ulisses Bezerra, Leonardo Camilo, Marcelo Campos, Ronaldo Artnic, Gilberto Baroli, Paulo Celestino Filho, Luiz Antônio Lobue, Carlos Silveira, Sílvia Goiabeira, Paulo Porto, Fabio Moura, Mauro Castro, Tatá Guarnieri. Direção: Kei´ichi Sato

Veja também:
- Notícias diversas sobre os Cavaleiros do Zodíaco
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil