MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
30/04/2015
REVIEW - CINEMA: A MULHER DE PRETO 2 - ANJO DA MORTE
 
 
A Mulher de Preto 2: Anjo da Morte
 
 
 
 
 
 
 
 


A Hammer Film Productions é uma companhia cinematográfica britânica especializada em filmes de terror que se tornou célebre por diversos clássicos do gênero, como A Maldição de Frankenstein (1957), Drácula - O Vampiro da Noite (1958) e A Múmia (1959), os três dirigidos por Terence Fisher e estrelados por Peter Cushing e Christopher Lee (o Saruman de O Senhor dos Anéis e o Conde Dookan em Star Wars); O Fantasma da Ópera (1962), com Herbert Lom; a refilmagem Deixe Ela Entrar (2010), entre outros.

Ainda assim, o estúdio sempre amargou um certo descaso da crítica por sua postura estética (não nomeada) camp, que, de acordo com Susan Sontag (escritora, crítica de arte e ativista norte-americana), em seu artigo Notes on “camp” (1964): “o camp é comumente relacionado ao exagero, à afetação, a uma estética especial que ironiza ou ridiculariza o que é dominante”. Porém, provavelmente é justamente este estilo camp que tanto atrai os fãs dos filmes da Hammer, já que casa muito bem com filmes de horror gótico, principalmente em produções tão bem cuidadas em se tratando de ambientação, cenários e figurinos, como é o caso da produtora britânica.

A Hammer passou por diversos altos e baixos, especialmente no fim do século XX e início do seguinte. Mas deu a volta por cima ao se modernizar sem perder suas principais características. Entre suas produções recentes está A Mulher de Preto (2012), estrelada por Daniel Radcliffe (da franquia Harry Potter). Apesar da fraca atuação do ator principal, o filme agrada e prende a atenção pelos já mencionados pontos fortes da produtora. E o final deixava evidente uma sequência.

E veio A Mulher de Preto 2: Anjo da Morte (The Woman in Black 2 - Angel of Death) em que a fantasmagórica e assustadora figura que dá nome ao filme ressurge ainda mais apavorante. Mas não é só ela quem dá as caras novamente neste segundo filme. Praticamente todos os pontos positivos do primeiro longa são repetido na sequência, o que não chega a ser ruim, já que a segunda parte evita alguns erros a salienta os acertos.

Quarenta anos depois, a casa mal-assombrada do primeiro filme se torna uma espécie de internato onde são levadas crianças órfãs durante a Segunda Guerra Mundial. E assim como no primeiro filme, as crianças são as principais vítimas de fantasmas cuja única ocupação é o mais puro sadismo.

Se você viu o primeiro filme, talvez fique um pouco entediado com as repetições de fórmula. Se não viu, não se sinta compelido a fazê-lo, já que o segundo filme é o melhor entre os dois. Ainda assim, vale a pena assistir a ambos para que você possa entender melhor de onde vem a fantasma infanticida.

Elenco: Phoebe Fox, Jeremy Irvine, Helen McCrory, Adrian Rawlins, Leanne Best, Ned Dennehy, Genelle Williams. Direção: Tom Harper.

Veja também:
- Galeria de imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de A Mulher de Preto 2 - Anjo da Morte
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil