MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
11/05/2015
REVIEW - CINEMA: GOLPE DUPLO
 
 
Golpe Duplo
 
 
 
 
 
 
 
 


Golpe Duplo (Focus) é o novo longa estrelado por Will Smith que mistura ação com comédia romântica e drama. Escrito e dirigido por Glenn Ficarra e John Requa (ambos de Como Cães e Gatos, 2001; Papai Noel às Avessas, 2003; e O Golpista do Ano, 2009), o filme também conta com o brasileiro Rodrigo Santoro como o principal antagonista do anti-herói Nicky Spurgeon (Smith), um ladrão golpista de primeira linha que faz das pessoas da alta classe seus principais “clientes”.

Nicky por pouco não cai numa arapuca armada pela bela Jess Barrett (Margot Robbie), que o seduziu na tentativa de lhe aplicar um golpe. Depois de revelada a farsa, Jess volta a procurar Nicky para que ele a ensine a dominar com louvor a arte de surrupiar. Após se fazer de difícil, Nicky aceita a moça como pupila e a insere logo de cara numa espécie de curso prático intensivo. Junto ao grupo de Nicky, os dois passam a promover uma série de furtos entre os abastados da cidade de Nova Orleans. E, como não poderia deixar de ser, surge aí um interesse romântico entre ambos.

O filme começa muito bem, com uma trilha sonora belíssima, recheada de soul, funk das antigas, jazz e blues. A fotografia também é muito bonita, com belo uso de cores e contrastes. Mas os maiores problemas do filme começam a pipocar em meio às suas poucas qualidades. A começar pela mesmice dos golpes aplicados pelos ladrões profissionais. Durante mais da metade do filme, só fica nisso. Os personagens nem sequer têm conflitos, como num conto de fadas mal escrito. E as motivações são sempre as mesmas: furtos, furtos e mais furtos. Parece que não há dinheiro que basta.

Até mesmo quando surge o primeiro rival, Liyuan Tse (B.D. Wong), um jogador e apostador compulsivo que desafia Nicky e Jess durante uma partida de futebol americano entre o Chicago Rhinos e o Miami Threshers, os conflitos não são tão conflituosos assim. Fica a sensação de que nada acontece além da contínua valorização excessiva do personagem principal.

Eis que, para o alívio da paciência do espectador, surge Rafael Garriga (Santoro), um ricaço dono de uma escuderia de corrida. O vilão começa a bater de frente com Nicky, já que este deseja reatar seu relacionamento com Jess após tê-la deixado na mão. Injustificadamente, é claro. Ou, no mínimo, por uma razão mais fraca que merenda de escola pública. Conflitos em filmes mal escritos são assim: surgem do nada, sem mais nem menos, e desafiam a credibilidade e a boa vontade dos pobres incautos que se propuseram a acompanhar a história.

E mesmo após os problemas que Nicky tem que resolver, ainda fica aquela sensação de personagem superpoderoso e intocável. Tudo pra encher a bola do Will Smith? Vai saber...

Elenco: Will Smith, Margot Robbie, Rodrigo Santoro, B.D. Wong, Gerald McRaney, Robert Taylor, Dominic Fumusa, Brennan Brown, Griff Furst, Adrian Martinez, Alfred Tumbley. Direção: Glenn Ficarra, John Requa.

Veja também:
- Galeria com 41 imagens do filme
Notícias, vídeos e notas de produção de Golpe Duplo
Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil