MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
06/08/2015
REVIEW - CINEMA: QUARTETO FANTÁSTICO
 
 
Quarteto Fantástico
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Tratando-se do Quarteto Fantástico, era de se esperar que seu quarto filme enfim acertasse na adaptação da equipe. Infelizmente, como a grande maioria esperava, ainda não foi desta vez.

Esta nova versão bebe muito da fonte do Universo Ultimate, como boa parte das adaptações de quadrinhos da Marvel Comics nos últimos anos. Em vez de Reed Richards (Miles Teller), Ben Grimm (Jamie Bell), Susan (Kate Mara) e Johnny Storm (Michael B. Jordan) partirem numa viagem espacial, desta vez a viagem é dimensional, como sempre lhes dando poderes.

Daí em diante, o filme até inova um pouco, por um curto período de tempo, explorando bem o desenvolvimento dos poderes dos personagens, indo mais pelo caminho do bizarro, caprichando na ficção científica, mas deixando de lado quase totalmente o aspecto super-heroico.

O grupo precisa mesmo se unir para enfrentar seu ex-colega Victor Von Doom, o Dr. Destino (Toby Kebbell), que também participou do experimento com eles e retorna muito mais poderoso do que os quatro. Sim, novamente repetiram o erro de fazerem de Destino um aliado num primeiro momento. Se ao menos fosse esse o único erro repetido... Verdade seja dita, parece que Doom é o personagem que mais sofre nos filmes do Quarteto, aqui mais uma vez com um péssimo visual, poderes que não deveria ter e uma caracterização terrível. Ao menos desta vez convence como uma ameaça real.

A equipe em si não funciona. No início do filme, Reed e Ben são bem desenvolvidos, incluindo sua forte amizade. Da metade para frente, os personagens se tornam totalmente vazios, o que não é um problema para Johnny e Sue, que são vazios desde o início. Mudar a dinâmica dos irmãos (Sue aqui é adotada) foi totalmente desnecessário, o tipo de "inovação" apenas para se mostrar politicamente correto, mas o que incomoda mesmo é como os personagens simplesmente não se relacionam. Sue parece não ter emoções, acaba assumindo um posto de fechada que deveria ser de Reed, pela lógica. Não existe carisma em ninguém do grupo, ao ponto de Victor, que é o vilão, ser o mais simpático...

Ao menos os poderes de cada um dos heróis é apresentado de maneira bastante competente quando eles os estão descobrindo e depois em seus treinamentos. O visual do Coisa, que nos trailers causou estranhamento, até funciona bem. O problema são as lutas, onde a edição falha miseravelmente e até os efeitos especiais caem de qualidade, resultando em cenas exageradamente engessadas.

Este novo Quarteto Fantástico tem até algumas boas ideias, mas faltou desenvolvimento e respeito aos personagens, que soltam diálogos imbecis demais na segunda metade do longa. Uma rápida conversa com amigos nerds na saída da exibição para jornalistas já aponta instantaneamente vários elementos subaproveitados, espaços perfeitos para detalhes importantes que passaram em branco. Talvez parte da culpa seja a falta de experiência do diretor Josh Trank, que nunca tinha comandado um filme de maior orçamento antes. Diga-se de passagem, ocorreram até rumores de sua saída do projeto em certo momento.

A verdade é que, apesar de alguns poucos pontos fortes o filme sempre foi um desastre anunciado. Resta saber se a Fox vai insistir na continuação, que já tem data de estreia marcada para 9 de junho de 2017. Quando até os próprios atores já começam a afirmar que o filme provavelmente vai causar estranhamento e não se sair bem nas bilheterias, fica difícil acreditar que a franquia realmente tem futuro...

Elenco: Jamie Bell, Miles Teller, Kate Mara, Michael B. Jordan, Toby Kebbell, Tim Blake Nelson. Direção: Josh Trank.

Leonardo Vicente Di Sessa é jornalista e crítico de tudo relacionado à cultura pop. Além de colaborar com o HQ Maniacs, mantém também o Fala Animal! - http://fala-animal.blogspot.com.br -, blog sobre quadrinhos, cinema e seriados.

Veja também:
- Galeria com mais de 30 imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Quarteto Fantástico
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil