MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
06/08/2015
REVIEW - DVD: BATMAN - ASSALTO EM ARKHAM
 
 
Batman - Assalto em Arkham
 
 
 
 
 
 
 
 


Com o sucesso dos games da série Arkham do Batman, não foi grande surpresa o anúncio de uma animação se passando nesta realidade. O resultado é o agitado desenho Batman: Assalto em Arkham (Batman: Assault on Arkham).

O longa-metragem é mais um na nova onda de animações da DC Comics "mascarando" o protagonista. Depois de vários lançamentos, ficou claro para os executivos da Warner Animation que os nomes que vendem são mesmo Batman, Superman e Liga da Justiça. Mas, não podemos negar que a DC tem uma miríade enorme de bons personagens. A solução encontrada é continuar com os três nomes fortes, mas "disfarçando" as coisas, tornando outros personagens os protagonistas. Flash, por exemplo, é o verdadeiro astro de Liga da Justiça: Ponto de Ignição. Aqui, Batman serve apenas de chamariz para uma aventura do Esquadrão Suicida.

A trama começa com Amanda Waller tentando chegar ao Charada, mas sendo impedida pelo Batman. Com o vilão enigmático trancafiado no Asilo Arkham, Waller se vê obrigada a acionar seu Esquadrão Suicida, nesta versão composto por Pistoleiro, Arlequina, Tubarão Rei, KGBesta, Capitão Bumerangue, Nevasca e Aranha Negra. A missão é recuperar a bengala do Charada, que contém informações sobre os operativos do Esquadrão. Claro, o Batman novamente interfere, bem como os pacientes do Asilo, incluindo o Coringa, que tem um outro plano ainda mais perigoso.

Em ritmo de Missão: Impossível, com boa animação, roteiro e uma ótima trilha sonora, Assalto em Arkham é uma das melhores animações da DC em tempos recentes, depois de uma breve queda de qualidade. Preparando terreno para o filme do grupo, o desenho é mais pesado, com mortes, sangue, violência e sexualidade bem colocadas.

O Pistoleiro e a Arlequina roubam a cena, algo que deve se repetir nos cinemas. O primeiro porque, de maneira um tanto distorcida, faz as vezes do herói; e a segunda puramente por sua divertida loucura.

Sempre que a Warner Animation lembra que desenhos animados podem sim ser destinados a um público mais adulto o resultado é superior, e isso mais uma vez prova ser verdade aqui. E não haveria lugar melhor do que uma história protagonizada por criminosos.

O único ponto negativo é a tradução e a (falta de) adaptação. Já no título observamos uma tradução literal, que soa boba, quando faria mais sentido Ataque ao Arkham, por exemplo. Nas legendas, cheias de erros de digitação, constam também frases sem sentido, fora do contexto, inversão de gênero, além da tradução de Deadshot para Tiro Certeiro, em vez de Pistoleiro.

Vozes originais: Kevin Conroy, Troy Baker, Neal McDonough, Eliza Dushku, Kevin Grevioux, Hynden Walch, CCH Pounder. Direção: Jay Oliva.

Leonardo Vicente Di Sessa é jornalista e crítico de tudo relacionado à cultura pop. Além de colaborar com o HQ Maniacs, mantém também o Fala Animal! - http://fala-animal.blogspot.com.br -, blog sobre quadrinhos, cinema e seriados.

Veja também:
- Notícias, vídeos e notas de produção de Batman – Assalto em Arkham
- Notícias diversas sobre o Batman
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil