MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
31/07/2007
ENTREVISTA: JOÃO BARROS DA SILVEIRA
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 



Você sabia que algumas das melhores capas publicadas na revista Conan, O Bárbaro, da Mythos Editora, foram produzidas por um artista brasileiro? Se sim, muito bem, você é um conanmaníaco de carteirinha e deve ter em sua coleção todas as edições da revista, um belo trabalho reiniciado após o fim da saudosa ESC, A Espada Selvagem de Conan, publicada por muitos anos pela Editora Abril.

Conheça um pouco mais sobre João Barros da Silveira, o ilustrador amazonense de 28 anos que vive há mais de vinte anos em Belém do Pará, ilustrando diversas capas de Conan, não devendo nada aos grandes ilustradores conhecidos do mercado, como Joe Jusko, Frank Frazetta, Earl Norem, entre outros.

HQM: Como foi o seu início como ilustrador?
João Barros: Sempre gostei de desenhar e pintar, e sempre levei os dois como hobby, mas quando meu primo me convidou para ilustrar um site foi que procurei levar a pintura mais a sério. Queria dar mais vida aos meus desenhos e me surpreendi com as críticas positivas das pessoas que os acessavam. A partir de então, me preocupei em corresponder às expectativas dessas pessoas.

HQM: Como foi o seu contato com a Mythos para a produção de capas da revista Conan, o Bárbaro?

João Barros: Dentre as pinturas expostas no site, havia uma do Conan lutando contra homens-fera. Um conhecido que já trabalhava como quadrinhista para a Mythos Editora gostou da imagem e me incentivou a mandá-la para o editor da revista no Brasil. Para a minha surpresa, no dia seguinte ao envio, o editor do Conan (Fernando Bertacchini) me ligou dizendo que tinha gostado muito do estilo e que estava procurando alguém para ilustrar as capas (tradicionalmente pintadas) das reedições do Cimério aqui no Brasil, e claro que eu aceitei.

HQM: Até hoje, quantas capas você já fez para a revista?
João Barros:
Tive oportunidade de fazer dez capas: as edições números 8, 10, 11, 12, 13, 14, 28, 36 e 50, o que me deu grande satisfação, pois sempre adorei as histórias do Bárbaro.

HQM: Fora o bárbaro cimério, o que mais você ilustrou?
João Barros:
Dos trabalhos publicados (gênero super-herói), além das capas do Conan, ilustrei também capas para as revistas do Batman e do Homem-Aranha.

HQM: Você já trabalhou com histórias em quadrinhos ou seguiu somente como ilustrador?
João Barros:
Antes de fazer as capas para a revista do Conan, trabalhei com Joe Bennett, o que me deu uma certa experiência no gênero. Ajudei o Bené no desenvolvimento de histórias com personagens como Thor, Elektra, Bast (Sandman), Aves de Rapina e Gavião Negro.

HQM: Como foi o convite para ilustrar a capa da primeira edição da revista de RPG Dragon Slayer?
João Barros: O primo que me convidou para ilustrar o site também era aficionado por RPG e dizia que o meu estilo de pintura iria agradar o público. Mandei umas amostras para a editora Mantícora e meus trabalhos agradaram os editores, o que me rendeu duas capas para a Dragon Slayer.

HQM: Você já publicou algum material fora do Brasil?
João Barros:
É um mercado bem difícil, mas tive a satisfação de poder ilustrar uma das capas do Aracnídeo (Spider-Man Unlimited) para a editora americana Marvel Comics.

HQM: Você tem interesse em trabalhar com quadrinhos no mercado internacional?
João Barros:
Todo mundo que curte quadrinhos cresce empolgado com as histórias dos personagens americanos (Superman, Batman, X-Men etc.). Seria a realização de um sonho poder ilustrar um desses personagens, sem falar que é um dos mercados que melhor remunera os artistas.

HQM: Seu trabalho é bastante competente nas capas pintadas publicadas pela Mythos, podendo ser comparadas a grandes nomes do mercado que foram capistas de Conan, como Earl Norem, Joe Jusko, entre outros. Você se inspirou em algum artista até chegar no estilo que tem hoje?
João Barros:
Obrigado pelo competente. O mercado dos quadrinhos é muito disputado e concorrido e se você pretende participar dessa aventura, é muito importante que você procure mostrar sempre um trabalho melhor que o anterior. É claro que é difícil falar de capas do Conan sem lembrar dos espetaculares trabalhos de Norem e Jusko, mas além destes, sempre gostei muito do trabalho de Frank Frazetta e, mais recentemente, do ultra-realismo de Alex Ross.

HQM: Além da capa do primeiro número de Batman: Nove Vidas e de ser capista do Conan, você fez mais algum outro trabalho na Mythos? E para outras editoras?
João Barros:
Sim. Durante um tempo fiquei ilustrando, paralelamente ao bárbaro, outras duas revistas para a Mythos, Sexto Sentido e Espiritismo & Ciência. Para outras editoras, cheguei a publicar algumas capas de livro.

HQM: Você tem algum projeto futuro? O que podemos esperar?

João Barros: Sempre recebo e-mails com algumas propostas de amigos, editores e aspirantes a roteiristas sobre alguns projetos, mas a verdade é que me afastei temporariamente da atividade para a realização de um projeto pessoal, mas tão logo termine, voltarei à ativa.


Para conhecer um pouco mais do trabalho de João Barros da Silveira, acesse o seu site no endereço http://www.ensjo.net/joao/.

  facebook


 
Tags : João Barros da Silveira, HQM: Como foi o seu início como ilustrador?, João Barros:, HQM: Como foi o seu contato com a Mythos para a produção de capas da revista Conan, o Bárbaro?, João Barros:, HQM: Até hoje, quantas capas você já fez para a revista?João Barros:, HQM: Fora o bárbaro cimério, o que mais você ilustrou?João Barros:, HQM: Você já trabalhou com histórias em quadrinhos ou seguiu somente como ilustrador?João Barros:, HQM: Como foi o convite para ilustrar a capa da primeira edição da revista de RPG Dragon Slayer?, João Barros:, HQM: Você já publicou algum material fora do Brasil?João Barros:, HQM: Você tem interesse em trabalhar com quadrinhos no mercado internacional?João Barros:, HQM: Você tem algum projeto futuro? O que podemos esperar?, João Barros:, http://www.ensjo.net/joao/




 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil