MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
08/04/2008
MATÉRIA: GUIA LOST - 3ª TEMPORADA
 
 
Lost - 3ª Temporada
 
 
Desmond salvando Claire
 
 
Juliet
 
 
Walt
 
 
Pai???
 
 
Kate e Sawyer
 
 
Explosão do Submarino
 
 
Season Finale
 



A terceira temporada de Lost começa com um dilema: como manter o nível das temporadas anteriores, principalmente com outros seriados fortes surgindo (como Heroes) e com um plano de exibição bem diferente para os episódios?

Os seis primeiros episódios foram exibidos em 2006, e houve um intervalo de várias semanas, só voltando em fevereiro de 2007 para o restante da temporada. Esse plano foi elaborado para evitar reprises em meio a episódios inéditos, o que compromete a audiência.

Vários personagens entram para o elenco fixo, como Michael Emerson como o falso Henry Gale e o brasileiro Rodrigo Santoro (As Panteras: Detonando, Simplesmente Amor, 300) como Paulo, um dos sobreviventes do avião que passam a aparecer mais. Segundo os produtores, o fato de ter 48 sobreviventes permite a eles trabalhar por mais tempo com vários personagens.


ELENCO FIXO
Matthew Fox (Jack Shephard), Evangeline Lilly (Kate Austen), Josh Holloway (James “Sawyer” Ford), Naveen Andrews (Sayid Jarrah), Jorge Garcia (Hugo “Hurley” Reyes), Terry O´Quinn (John Locke), Daniel Dae Kim (Jin Soo-Kwon), Yoon-Jin Kim (Sun Kwon), Dominic Monaghan (Charlie Pace), Emilie de Ravin (Claire Littleton), L. Scott Caldwell (Rose Nadler), Madison (Vincent), Matthew David Viventi (Aaron Littleton), Sam Anderson (Bernard Nadler), Adewale Akinnuoye-Agbaje (Mr. Eko), Henry Ian Cusick (Desmond Hume), Michael Emerson (Ben Linus), Elizabeth Mitchell (Juliet), Kiele Sanchez (Nikki), Rodrigo Santoro (Paulo)


:: 3.1 (episódio 49) – TALE OF TWO CITIES
Escrito por J.J. Abrams e Damon Lindelof, dirigido por Jack Bender
Flashback: Matthew Fox (Jack Shephard)
Participações Especiais: John Terry (Christian Shephard), Julie Bowen (Sarah), M.C.Gainey (Tom), William Mapother (Ethan), Brett Cullen (Goodwin), Blake Bashoff (Karl)

Uma mulher prepara bolinhos e participa de um clube do livro quando tudo treme. Todos saem, no que parece ser uma vila bem equipada, com energia elétrica, água e gás encanados. Outras pessoas saem de suas casas, como o falso Henry Gale, e vêem o avião da Oceanic se partindo no ar. Gale manda Ethan e Goodwin irem atrás de sobreviventes.

Nos dias atuais, Jack é colocado em uma prisão, de onde tenta escapar e quase morre afogado. A mulher que foi mostrada fazendo bolinhos, chamada Juliet, lhe diz que ali é uma estação Dharma submarina, para tratar de tubarões. Kate e Sawyer são colocados em jaulas ao ar livre. Um rapaz, Karl, tenta fugir da jaula ao lado e é capturado. Juliet chama o falso Henry Gale de “Ben”.

Flashback: Jack tenta descobrir quem é o novo amor de sua ex-esposa Sarah. Com isso, ele entra em conflito com seu pai por achar que este é o amante. Christian, triste, volta a beber.

Curiosidade: as “duas cidades” do título se referem às duas sociedades em Lost – os Outros e os sobreviventes. A Tale of Two Cities é um livro de Charles Dickens. Dickens é o autor favorito de Desmond.


:: 3.2 (episódio 50) – THE GLASS BALLERINA
Escrito por Jeff Pinkner e Drew Goddard, dirigido por Paul Edwards
Flashback: Daniel Dae Kim (Jin Soo-Kwon), Yoon-Jin Kim (Sun Kwon)
Participações Especiais: M.C.Gainey (Tom), Tania Raymonde (Alex), Paula Malcolmson (Colleen), Michael Bowen (Danny Pickett), Byron Chung (Mr. Paik), Tony Lee (Jae Lee), Sophie Kim (Sun jovem)

Sayid, Sun e Jin se preocupam porque o grupo de Jack não aparece. Eles encontram a doca dos Outros, e preparam uma armadilha. Porém, o plano não dá certo quando eles percebem que os Outros são ótimos em estratégias.

Ben ordena a Colleen que pegue o barco que está com Sayid (e é de Desmond). Kate e Sawyer começam a trabalhar quebrando pedras, e Alex aparece perguntando de Karl. Sawyer e Kate se beijam para distrair os guardas, e tentam escapar, mas não dá certo. Ben visita Jack e mostra eventos do mundo exterior ocorridos no período após a queda do avião na ilha. Ben diz que seu nome é Benjamin Linus, e que nasceu na ilha.

Flashback: Sun se arrepende de seu caso com Jae Lee quando seu pai descobre tudo e envia Jin para matar o rapaz. Porém, Jin não sabe o motivo de Jae Lee ter sua morte encomendada.

Curiosidade: Jack, na primeira temporada, disse que nunca veria os Red Sox, de Boston, vencendo o campeonato, mas isso acontece na fita que ele vê, apresentada por Ben. Também é citada a morte de Christopher Reeve, que fez o Superman mais famosos dos cinemas. Quando Jin vai atrás de Jae Lee, ele chega no andar do apartamento de Lee, e há uma marcação de segundo andar. Porém, o número do apartamento indica que ali deveria ser o décimo quinto andar.


:: 3.3 (episódio 51) – FURTHER INSTRUCTIONS
Escrito por Carlton Cuse e Elizabeth Sarnoff, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Terry O´Quinn (John Locke)
Participações Especiais: Ian Somerhalder (Boone), Justin Chatwin (Eddie), Chris Mulkey (Mike), Virginia Morris (Jan), Joel Himelhoch (Xerife Williams)

Locke acorda no meio da floresta, e vê o bastão de Mr. Eko, mas não consegue falar. Desmond passa correndo, nu. Voltando ao acampamento, Locke entra em uma tenda e pede para Charlie ficar de guarda. Lá, ele tem uma alucinação com Boone. Os dois aparecem no aeroporto, e Boone empurra a cadeira de rodas onde está Locke. Claire e Charlie aparecem com Aaron.

Sayid está com Jin e Sun, e Hurley é o balconista, que digita o código 4 8 15 16 23 42. Desmond é o piloto, com várias comissárias junto. Jack, Kate e Sawyer são revistados por Ben Linus. Saindo da cabana, Locke consegue falar, e ele e Charlie vão atrás de Eko, encontrando Hurley pelo caminho. Este conta o que houve com Jack, Saywer e Kate. Os três encontram Eko em uma caverna com um urso polar e ossos humanos, incluindo de crianças. Hurley encontra Desmond e lhe dá roupas. Locke retorna ao acampamento e se declara líder.

Flashback: Locke leva um rapaz até uma comunidade da qual participa e considera sua família. Porém, após seis semanas, o rapaz questiona o que ocorre em uma das instalações do local, onde é plantada maconha. Quando os membros da comunidade decidem partir, Locke descobre que o rapaz é um policial disfarçado.

Curiosidade: Boone, na alucinação, diz que Charlie, Claire e Aaron “ainda não precisam de ajuda”, e que Locke ainda não pode ajudar nenhum dos outros que aparecem. Este episódio traz a primeira aparição de Rodrigo Santoro na série.


:: 3.4 (episódio 52) – EVERY MAN FOR HIMSELF
Escrito por Edward Kitsis e Adam Horowitz, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Josh Holloway (James “Saywer” Ford)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Michael Bowen (Pickett), Ian Gomez (Munson), Bill Duke (Diretor Harris), Kim Dickens (Cassidy), Peter Ruocco (Agente Freedman)

Sawyer planeja escapar de sua jaula, e então Ben chega e o captura para fazer uma experiência. Ele coloca um aparelho no coração do golpista, para marcar seus batimentos. Se ultrapassar um certo número, Sawyer morre. O problema é agüentar isso vendo Kate trocando de roupa... Jack é convocado para tentar salvar uma Outra ferida. Desmond arruma o telhado de Claire e Charlie e monta uma pilha com um taco de golfe na ponta. Um raio cai no taco.

Flashback: Saywer está na cadeia e tenta tirar informações valiosas de outro preso que aplicou um golpe. Cassidy, sua amante do passado, o visita para dizer que engravidou e teve uma filha de Sawyer.

Curiosidade: o título do episódio (“Cada homem por si”) tem a ver com o primeiro discurso que Jack fez aos sobreviventes: “Cada homem por si não vai adiantar. Ou vivemos juntos, ou morremos sozinhos”. A segunda parte do discurso virou título em “Live together, Die Alone”, o final da segunda temporada.


:: 3.5 (episódio 53) – THE COST OF LIVING
Escrito por Alison Schapker e Monica Breen, dirigido por Jack Bender
Flashback: Adewale Akinnuoye-Agbaje (Mr. Eko)
Participações Especiais: Michael Bowen (Pickett), Adetokumboh M´Cormack (Yemi), Mina Otaru (Amina), Hakeem Kae-Kazim (Emeka), Andrew Divoff (homem do tapa-olho)

Mr. Eko acorda e vai ao local da queda do avião onde estava seu irmão. Locke, Sayid, Desmond, Nikki e Paulo vão à escotilha Pérola, e encontram Eko, que não encontra mais o cadáver de seu irmão, Yemi. Yemi aparece e confronta as atitudes que Eko tomou na vida. Ben pede a Jack que opere o tumor que possui em sua coluna. Juliet começa a mostrar que não concorda com Ben.

Flashback: Eko substituiu Yemi na igreja e acaba confrontando traficantes locais.


:: 3.6 (episódio 54) – I DO
Escrito por Damon Lindelof e Carlton Cuse, dirigido por Tucker Gates
Flashback: Evangeline Lilly (Kate)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Tania Raymonde (Alex), Michael Bowen (Pickett), Nathan Fillion (Kevin), Fredric Lehne (Edward Mars)

Jack decide operar Ben. Sawyer e Kate transam. Pickett quer se vingar de Sawyer pela morte da esposa, mas Jack decide mudar os planos. Locke decide enterrar o amigo morto, e Sayid vai ajudá-lo. Locke vê o bastão de Eko com os dizeres “levante teus olhos e olhe para o norte. John 3:05”, e acha que lá está uma mensagem.

Flashback: O marido de Kate lhe oferece uma viagem pela Costa Rica pela Oceanic Airlines – a mesma empresa do vôo que caiu na ilha. Depois deste episódio, houve uma pausa de 8 de novembro a 7 de fevereiro. Os produtores admitem que foi um erro uma pausa tão grande.


:: 3.7 (episódio 55) – NOT IN PORTLAND
Escrito por Jeff Pinkner e Carlton Cuse, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Elizabeth Mitchell (Juliet)
Participações Especiais: Robin Weigert (Rachel), M.C. Gainey (Tom), William Mapother (Ethan), Tania Raymonde (Alex), Blake Bashoff (Karl), Michael Bowen (Pickett), Ariston Green (Jason), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Kimberly Estrada (Sherry), Zeljko Ivanek (Edmund Burke)

Ben manda Juliet ajudar Kate e Sawyer, enquanto Jack e Tom realizam a operação. Kate e Sawyer ajudam Alex a resgatar Karl de uma sala onde ele sofria lavagem cerebral.

Flashback: Juliet trabalha com o ex-marido e busca uma fórmula para engravidar mulheres consideradas estéreis. Uma oportunidade de emprego lhe é oferecida em Portland. Quando ela aceita, descobre que o trabalho não será exatamente em Portland...

Curiosidade: a lavagem cerebral na sala onde Karl estava lembra o filme Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick, onde a pessoa vê imagens e ouve sons incessantemente, sem poder piscar. É possível ler as frases “Deus te ama como ama Jacob”, “Tudo muda” e imagens de Alvar Hanso (da Fundação Hanso, mantenedora da Iniciativa Dharma) e Gerald DeGrott (fundador da Dharma). Edmund Burke, nome do ex-marido de Juliet, foi um filósofo e estudioso político do século 18.


:: 3.8 (episódio 56) – FLASHES BEFORE MY EYES
Escrito por Damon Lindelof e Drew Goddard, dirigido por Jack Bender
Flashback (se é que podemos chamar assim): Henry Ian Cusick (Desmond)
Participações Especiais: Sonya Walger (Penelope Widmore), Alan Dale (Charles Widmore), Shishir Kurup (Donovan), Fionnula Flanagan (Ms. Hawking)

Charlie e Hurley questionam as atitudes de Desmond, e este diz que desde a explosão da escotilha tem tido flashes do possível futuro.

Um conjunto de cenas que não necessariamente apresentam um flashback: fica difícil dizer do que se trata. Após virar a chave na escotilha, Desmond acorda em Londres, com sua amada Penelope. O que ele vive, então, é uma série de eventos do seu passado, como quando vai pedir a mão de Penny a seu pai, o magnata Alan Widmore. Porém, Desmond se dá conta de que algo está errado, e que ele estava na ilha. Além disso, a maior parte do episódio se passa nessas cenas, e não na ilha.

Curiosidade: os produtores não dizem se Desmond viajou no tempo, foi para outra dimensão ou simplesmente delirou. Uma das personagens, Ms. Hawking, teve seu sobrenome inspirado em Stephen Hawking, físico que lançou vários livros sobre passagem de tempo e fenômenos do gênero. O uísque MacCutcheon que Widmore bebe (e depois os sobreviventes na ilha) tem seu nome inspirado no personagem de Vinte Mil Léguas Submarinas. Charlie, que aparece no “flashback”, canta “Wonderwall”, do Oasis (que, assim como a banda de Charlie, também é comandada por dois irmãos problemáticos). O primeiro trecho da música diz “hoje será o dia em que as coisas serão jogadas de volta em você”.


:: 3.9 (episódio 57) – STRANGER IN A STRANGE LAND
Escrito por Elizabeth Sarnoff e Christina M. Kim, dirigido por Paris Barclay
Flashback: Matthew Fox (Jack)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Tania Raymonde (Alex), Blake Barshoff (Karl), Kimberly Joseph (Cindy), Bai Ling (Achara), Diana Scarwid (Isabel), James Huang (Chet)

Jack é transferido para a cela onde estava Sawyer. Cindy, a aeromoça, reaparece, assim como as crianças que estavam na traseira do avião. Uma das crianças chega a perguntar como está Ana-Lucia. Isabel, uma espécie de “juíza” dos Outros, prepara o julgamento dos atos de Juliet, e Jack procura Ben para tentar intervir. Sawyer, Kate e Karl chegam na ilha.

Flashback: Jack está na Tailândia, e se envolve com uma mulher misteriosa que faz tatuagens. Porém, isso trará graves conseqüências ao médico.

Curiosidade: o episódio foi criado para revelar o que diriam as tatuagens de Jack. Porém, as tatuagens já existiam no ator Matthew Fox, e possuem outro significado: “Águias no alto, alcançando o céu” (tradução livre).


:: 3.10 (episódio 58) – TRICIA TANAKA IS DEAD
Escrito por Edward Kitsis e Adam Horowitz, dirigido por Eric Laneuville
Flashback: Jorge Garcia (Hurley)
Participações Especiais: Mira Furlan (Danielle Rousseau), Lillian Hurst (Carmen Reyes), Billy Ray Gallion (Randy), Cheech Marin (David Reyes), Caden Waidyatilleka (Hurley jovem), Sung Hi Lee (Tricia Tanaka)

Sawyer e Kate chegam ao acampamento. Hurley, Charlie, Jin e Sawyer encontram uma kombi com o símbolo da Iniciativa Dharma. Kate decide ir buscar Jack, e Locke e Sayid decidem ir junto. Os três encontram Rousseau.

Flashback: o pai de Hurley o abandona quando criança. Já depois de ganhar na loteria, Hurley revê seu pai, mas este pode não ter intenções tão boas.

Curiosidade: Cheech Martin, que faz o pai de Hurley, foi integrante da dupla de comediantes Cheech and Chong. O pai de Hurley se chama David, assim como o amigo imaginário de Hurley no sanatório. “Shambala”, música que toca no veículo Dharma, foi gravada pela banda Three Dog Night. Para os budistas, Shambala significa “terra pura”. A música ganhou versão em português com Chitaozinho e Xororó, chamada “Nascemos para Cantar”. O Dr. Estranho, místico da Marvel Comics, possui uma graphic novel chamada Shambala.


:: 3.11 (episódio 59) – ENTER 77
Escrito por Carlton Cuse e Damon Lindelof, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Naveen Andrews (Sayid)
Participações Especiais: Mira Furlan (Danielle Rousseau), April Grace (Bea Klugh), Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), François Chau (Dr. Marvin Candle), Shaun Toub (Sami), Anne Bedian (Amira)

Sayid, Locke, Kate e Rousseau, seguindo a “orientação” de Mr. Eko, encontram a Estação Chama, onde está o homem de tapa-olho, chamado Mikhail Bakunin. Enquanto Sayid e Kate conversam com o homem, que diz ser o último sobrevivente da Iniciativa Dharma após a “purgação” (confronto entre Outros e Dharma), Locke descobre um jogo de xadrez explosivo.

Flashback: Sayid é capturado em Paris e torturado para admitir que torturou uma mulher.

Curiosidade: o episódio passou nos Estados Unidos no dia 7 de março de 2007 (ou seja, dois 7, como no título). A história se passa no dia de número 77 dos sobreviventes na ilha. Mikhail Bakunin foi um revolucionário russo, considerado um dos pais do anarquismo.


:: 3.12 (episódio 60) – PAR AVION
Escrito por Christina M. Kim e Jordan Rosenberg, dirigido por Paul Edwards
Flashback: Emilie de Ravin (Claire)
Participações Especiais: John Terry (Christian Shephard), M.C. Gainey (Tom), Mira Furlan (Danielle Rousseau), Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Gabrielle Fitzpatrick (Lindsey), Julian Barnes (Dr. Woodruff), Rhett Giles (Oficial Barnes)

Sayid, Locke, Kate, Rousseau e Mikhail rumam à vila dos Outros, mas encontram um obstáculo inusitado: uma cerca sônica. Claire descobre as previsões de Desmond e decide enviar uma mensagem de socorro por pássaros.

Flashback: Claire e sua mãe sofrem um grave acidente, e a moça descobre quem é seu pai.

Curiosidade: parte da mensagem de socorro de Claire aparece no site da Oceanic Airlines, atrás de uma mensagem de encerramento das atividades da empresa.


:: 3.13 (episódio 61) – THE MAN FROM TALLAHASSEE
Escrito por Drew Goddard e Jeff Pinkner, dirigido por Jack Bender
Flashback: Terry O´Quinn (John Locke)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Tania Raymonde (Alex), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Mira Furlan (Danielle Rousseau), Kevin Tighe (Anthony Cooper), Patrick J. Adams (Peter Talbot), Barbara Baehler (Mrs. Talbot), Brian Goodman (Ryan Pryce)

Sayid, Locke e Kate chegam na vila dos Outros, mas Locke decide colocar em prática planos particulares. Ben lhe traz grandes surpresas ao falar de uma “caixa mágica, que traz tudo e todos que queremos”.

Flashback: Locke tenta impedir os planos de seu pai de aplicar mais um golpe. É revelado como ele ficou paralítico.

Curiosidade: Locke assiste a um seriado chamado Exposé, que apareceria mais no episódio seguinte. Na segunda temporada, Sawyer disse que já esteve em Tallahassee, que é a capital do Estado da Flórida.


:: 3.14 (episódio 62) – EXPOSÉ
Escrito por Edward Kitsis e Adam Horowitz, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Kiele Sanchez (Nikki) e Rodrigo Santoro (Paulo)
Participações Especiais: William Mapother (Ethan Rom), Ian Somerhalder (Boone), Maggie Grace (Shannon), Daniel Roebuck (Dr. Arzt), Jacob Witkin (Howard L. Zukerman), Billy Dee Williams como ele mesmo

Nikki aparece desesperada e cai morta. Sawyer e Hurley vão investigar e encontram Paulo também morto. Ninguém entende nada do que houve.

Flashback: Nikki vai até um homem e é morta. É revelado que ela atua em um seriado chamado Exposé, que conta com Billy Dee Williams como o vilão. Depois, Nikki e um cozinheiro brasileiro chamado Paulo, matam o produtor e fogem com diamantes.

Flashback na ilha: é mostrada a participação dos dois no momento da queda do avião, na primeira noite, quando Jack encontra água, e o Dr. Arzt mostra a Nikki o que viria a ser o causador da “morte” dos dois.

Curiosidade: apesar de ser um episódio focado nos dois, só Nikki tem uma fala parcial no tempo presente. Todas as falas são nos flashbacks. Billy Dee Williams fez Lando Calrissian em Star Wars, e é o único ator que interpretou a si mesmo em Lost até hoje. Ethan Rom sempre aparece nos flashbacks como alguém que quer ajudar os outros. O engraçado é que, quando vivo, ele só aparecia batendo, enforcando, seqüestrando...


:: 3.15 (episódio 63) – LEFT BEHIND
Escrito por Damon Lindelof e Elizabeth Sarnoff, dirigido por Karen Gaviola
Flashback: Evangeline Lilly (Kate)
Participações Especiais: Kim Dickens (Cassidy), Beth Broderick (Diane), Fredric Lehne (Edward Mars)

Kate e Juliet acordam algemadas uma a outra no meio da floresta. Os Outros deixam a Vila. Hurley procura Sawyer e diz que, por suas atitudes, o golpista pode ser expulso do acampamento. Então, Sawyer começa a fazer boas ações para agradar a todos.

Flashback: Kate encontra Cassidy, e as duas decidem se ajudar. Kate vai visitar sua mãe, e Cassidy lhe conta que está grávida, mas não diz de quem.

Curiosidade: como já revelado, a filha de Cassidy é de Sawyer.


:: 3.16 (episódio 64) – ONE OF US
Escrito por Carlton Cuse e Drew Goddard, dirigido por Jack Bender
Flashback: Elizabeth Mitchell (Juliet)
Participações Especiais: Robin Weigert (Robin), William Mapother (Ethan Rom), Brett Cullen (Goodwin), Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Nestor Carbonell (Richard Alpert)

Juliet chega no acampamento dos sobreviventes e é vista com desconfiança, mas isso pode mudar ao ajudar Claire, que adoece.

Flashback: Juliet chega à Ilha, e começa a participar das pesquisas dos Outros. Ela vê o que aconteceu com sua irmã Rachel.

Curiosidade: aparece a Herarat Aviation, um anagrama para Amelia Earhart, uma mulher que desapareceu misteriosamente voando sobre o Oceano Pacífico.


:: 3.17 (episódio 65) – CATCH-22
Escrito por Jeff Pinkner e Brian K. Vaughan, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Henry Ian Cusick (Desmond)
Participações Especiais: Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Sonia Walger (Penelope Widmore), Jack Maxwell (Derek), Joanna Bool (Ruth), Andrew Connolly (Irmão Campbell), Marsha Thomason (Naomi)

Desmond tem flashes que o levam até uma praia. Charlie, Hurley e Jin o acompanham. Depois de ver um helicóptero cair em pleno ar, eles encontram uma pára-quedista. Kate e Sawyer transam depois da moça ver Jack se envolvendo com Juliet.

Flashback: é revelado que Desmond tentou entrar em um monastério – daí o motivo dele chamar a todos de irmão (“brotha”, em seu sotaque).

Curiosidade: um “Ardil-22” (nome em português do livro Catch-22, de Joseph Heller) é uma situação em que ninguém vence. O livro, em português, aparece no episódio. Brian K. Vaughan é roteirista de quadrinhos como Y - O Último Homem e Fugitivos. Ms. Hawking, que aconselhou Desmond durante sua “viagem pelo tempo”, reaparece neste episódio, numa foto na mesa do Irmão Campbell, no monastério.


:: 3.18 (episódio 66) – D.O.C.
Escrito por Edward Kitsis e Adam Horowitz, dirigido por Fred Toye
Flashback: Yoon-Jin Kim (Sun Kwon)
Participações Especiais: Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Marsha Thomason (Naomi), Byron Chung (Mr. Paik), John Shin (Mr. Kwon)

Juliet descobre que Sun está grávida e decide ajudá-la, dizendo que todas as que engravidam na ilha morrem. Mikhail aparece para ajudar a salvar a pára-quedista.

Flashback: Sun pega um empréstimo com seu pai para calar a mãe de Jin, que era uma prostituta.


:: 3.19 (episódio 67) – THE BRIG
Escrito por Damon Lindelof e Carlton Cuse, dirigido por Eric Laneuville
Flashback: Terry O´Quinn (John Locke)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Kevin Tighe (Anthony Cooper), Mira Furlan (Danielle Rousseau), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Kimberly Joseph (Cindy), Marsha Thomason (Naomi)

Locke procura Sawyer e o pede ajuda para resolver um “probleminha” que afeta os dois. Desmond questiona a lealdade de Jack com o grupo de sobreviventes.

Flashback na ilha: Ben questiona a capacidade de Locke de superar seus traumas do passado para continuar com os Outros.

Curiosidade: antes do episódio ir ao ar, boatos desencontrados disseram que ele seria de Jack, Sawyer ou Ben. Anthony Cooper diz que todos estão no Inferno. É a segunda vez em que os produtores claramente brincam com teorias que já desmentiram. A primeira foi em “Dave”, da segunda temporada, onde é dito que tudo é fruto da imaginação de Hurley.


:: 3.20 (episódio 68) – THE MAN BEHIND THE CURTAIN
Escrito por Elizabeth Sarnoff e Drew Goddard, dirigido por Bobby Roth
Flashback: Michael Emerson (Benjamin Linus)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Marsha Thomason (Naomi), Tania Raymonde (Alex), Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Sterling Beaumon (Ben jovem), Jon Gries (Roger Linus), Carrie Preston (Emily), Doug Hutchison (Horace), Samantha Mathis (Olivia), Madeline Carroll (Annie), François Chau (Dr. Marvin Candle)

Locke obriga Ben a levá-lo até Jacob, o líder dos Outros. Ao chegar lá, Locke presencia algo inexplicável (até o momento). Sawyer confronta Jack em relação a confiar em Juliet.

Flashback: Ben nasce nos Estados Unidos, mas sua mãe morre no parto. Um casal, Horace e Olivia, ajuda Roger, o pai de Ben, a conseguir trabalho na Iniciativa Dharma, e os dois vão para a Ilha.

Curiosidade: na escola, o jovem Ben aprende que na Ilha haviam vulcões. Por instantes, Jacob aparece em cena. Um olho aparece, e não é de Ben nem de Locke. Jacob já foi citado várias vezes pelos Outros, primeiramente como “Ele”, e depois pelo nome. A voz de Jacob é do produtor Carlton Cuse.


:: 3.21 (episódio 69) – GREATEST HITS
Escrito por Edward Kitsis e Adam Horowitz, dirigido por Stephen Williams
Flashback: Dominic Monaghan (Charlie Pace)
Participações Especiais: Tania Raymonde (Alex), Blake Bashoff (Karl), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Mira Furlan (Danielle Rousseau), Brian Goodman (Ryan Pryce), Marsha Thomason (Naomi), Neil Hopkins (Liam), Joshua Hancock (Roderick), John Henry Canavan (Simon Pace), Jeremy Shada (Charlie jovem), Zack Shada (Liam jovem), Andrea Gabriel (Nadia), Lana Parrilla (Greta), Tracy Middendorf (Bonnie)

Desmond conta a Charlie que teve uma visão de um resgate, mas, para isso acontecer, Charlie deveria cumprir uma missão na Estação submarina da Dharma. Jack conta a todos que pretende atrair os Outros ao acampamento para explodi-los. Sayid descobre que a mensagem de Rousseau está bloqueando qualquer outro sinal. Karl aparece dizendo que o ataque dos Outros foi antecipado em um dia.

Flashback: Charlie lembra seus cinco melhores momentos: a primeira vez em que ouviu sua música na rádio, quando aprendeu a nadar, quando Liam lhe deu o anel com a sigla da banda, quando salvou uma mulher e ela o chamou de herói e quando conheceu Claire.

Curiosidade: a mulher salva por Charlie é Nadia, amada de Sayid. Ela, além da Inglaterra, já havia aparecido nos Estados Unidos, tendo uma casa vistoriada por Locke.


:: 3.22/23 (episódios 70 e 71) – THROUGH THE LOOKING GLASS
Escrito por Carlton Cuse e Damon Lindelof, dirigido por Jack Bender
Focado em: Matthew Fox (Jack Shephard)
Participações Especiais: M.C. Gainey (Tom), Tania Raymonde (Alex), Blake Bashoff (Karl), Nestor Carbonell (Richard Alpert), Mira Furlan (Danielle Rousseau), Brian Goodman (Ryan Pryce), Marsha Thomason (Naomi), Andrew Divoff (Mikhail Bakunin), Sonya Walger (Penelope Widmore), James Lesure (Dr. Hammil), Julie Bowen (Sarah Shephard), Malcolm David Kelley (Walt), Lana Parrilla (Greta), Tracy Middendorf (Bonnie)

Jack lidera o grupo que vai desligar a transmissão de Rousseau e Ben decide encontrá-los. Sayid fica no acampamento com os atiradores que vão emboscar os Outros. Desmond vai auxiliar Charlie em sua missão. Locke recebe uma missão de um visitante inesperado, e cria tensão entre os sobreviventes. Charlie faz contato com Penelope Widmore, e tem uma notícia chocante.

Flashes: Jack, barbudo, vive deprimido e a base de remédios. Quando pensa em se matar, acontece um acidente com uma família e ele corre para ajudar. Apesar de ser considerado um herói, o médico percebe que cometeu um erro no passado, e precisa consertá-lo.

Curiosidade: chegou a se falar que este episódio seria de Claire e Ben. Tocam no episódio as músicas “Good Vibrations”, dos Beach Boys, e “Scentless Aprentice”, do Nirvana. Enquanto “Good Vibrations” foi uma das músicas criadas pelo genial Brian Wilson, que acabou por se isolar ao não conseguir mais compor e se sentir angustiado. Já o líder do Nirvana, Kurt Cobain, se sentindo angustiado e isolado, cometeu suicídio.

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil