MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
08/10/2010
REVIEW - CINEMA: A LENDA DOS GUARDIÕES
 
 
A Lenda dos Guardiões
 
 
 
 
 
 
 
 


A Lenda dos Guardiões
(Legend of the Guardians: The Owls of Ga´Hoole) chamou bastante atenção desde que seu primeiro trailer foi divulgado. Adaptação dos livros infantis de Kathryn Lasky, a animação tem direção de Zack Snyder, com roteiro por John Orloff e Emil Stern.

Snyder é criticado por alguns por criar espetáculos de efeitos especiais com pouco conteúdo. Foi essa a opinião de muitos sobre 300 e Watchmen, por exemplo.  Outros enxergam os méritos do diretor, mas a tendência é que o primeiro grupo seja maior em A Lenda dos Guardiões.

O personagem principal é Soren (Jim Sturgess) uma coruja que passou toda sua vida idolatrando os Guardiões de Ga´Hoole, mítico grupo de corujas que são consideradas lendas, usadas em histórias para crianças, onde o bem sempre vence o mal. Kludd é o invejoso irmão de Soren (Ryan Kwanten, de True Blood). Enquanto treinam seu vôo, ambos acabam “recrutados” pelos Puros, um grupo de elite de corujas, que pretende dominar toda a espécie, fazendo um tipo de lavagem cerebral nos filhotes raptados, para que integrem suas fileiras. Enquanto Kludd é seduzido pelo poder dos Puros, Soren encontra alguns aliados, juntos partindo em busca da ajuda dos Guardiões.

Visualmente impecável, o filme também usa muito bem o 3D. Os detalhes de cada coruja e demais animais chega a ser impressionante, em muitos momentos puxando mais para o realismo do que para uma apresentação mais infantil. A movimentação, principalmente nas lutas, é de cair o queixo.

A trilha sonora é desequilibrada, misturando tons épicos apropriados à batalha, com algumas trilhas que soam pop demais, fazendo mais a cara de adolescentes do que das crianças às quais a produção teoricamente se destina.

Aliás, o público alvo do longa acaba sendo uma verdadeira incógnita, pois do modo que foi construído, ele não conquista inteiramente nem crianças nem adultos. Embora baseado em obras infantis e vendido como produto para crianças, o filme é em vários momentos violento demais para isso, e mesmo a trama é muito pesada para a mente infantil, envolvendo o recrutamento de crianças para a guerra, lavagens cerebrais, e até alguns termos biológicos que nada significam para a criançada. Por outro lado, a produção também não investe diretamente nos adultos, tendo personagens pouco ou nada aprofundados, com motivações tênues e atitudes e reações óbvias.

É o típico filme que, se visto no conforto de casa, consegue agradar até certo ponto, mas que não justifica o “trabalho” de se ir aos cinemas. O melhor mesmo é o curta-metragem estrelado por Papa-Léguas e Coiote exibido antes do filme nos cinemas, este sim verdadeiramente divertido.

Vozes originais: Jim Sturgess, Ryan Kwanten, Hugo Weaving, David Wenham, Emily Barclay, Sam Neil, Geoffrey Rush. Roteiro: John Orloff e Emil Stern. Direção: Zack Snyder.

Veja também:
- Galeria de Imagens
- Notas de Produção

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil