MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
25/11/2011
REVIEW - CINEMA: HAPPY FEET 2 - O PINGUIM
 
 
Happy Feet 2: O Pinguim
 
 
 
 
 
 
 
 


Muitos anos depois do primeiro filme, Happy Feet 2: O Pinguim (Happy Feet Two) traz novamente o pinguim Mano (voz de Elijah Wood, no original), desta vez tentando ao mesmo tempo se reconciliar com seu filho Erik (Ava Acres) e salvar seu povo, ameaçado pelo deslocamento das calotas polares. George Miller retorna à direção, criando o roteiro ao lado de Warren Coleman, Gary Eck e Paul Livingston (embora ninguém entenda como podem ser necessárias tantas pessoas para elaborar uma trama tão simples).

O que logo salta aos olhos é a qualidade da animação em si: movimentações, texturas, cores, tudo é muito bem trabalhado e bonito, incluindo momentos em que os personagens interagem com o mundo real. Porém, assim como no anterior, o grande problema reside nos protagonistas, de longe os piores personagens do longa.

Mano e Erik são simplesmente chatos. Robin Williams novamente rouba a cena (em menor escala desta vez) com seus personagens, principalmente Ramon. Hank Azaria também se destaca dando voz ao “pinguim” Poderoso Sven. Mas as melhores adições ao elenco são mesmo os krill (um tipo de “camarão em miniatura”) Bill e Will, com vozes de Matt Damon e Brad Pitt. A dupla rende alguns dos momentos mais divertidos do filme (embora sejam uma tentativa clara de copiar o estilo das aventuras paralelas de Scrat na franquia Era do Gelo) e ainda desenvolve uma subtrama mais “cabeça”, que muita gente pode até não notar, envolvendo sua evolução e o desejo de entender e encontrar seu lugar no mundo.

As músicas são um ponto conflitante na produção. Como todo desenho infantil elas estão presentes, e neste caso até demais, realmente cansando, coisa que já acontecia no primeiro. Quando se tratam de canções mundialmente famosas, a coisa muda de figura, mas as composições originais se mostram chatas e, na versão dublada, desafinadas e sem rima.

A dublagem nacional, aliás, apresenta mais um grande defeito: deixa músicas famosas no inglês e traduz as demais, não tendo unidade. Para o adulto, a parte dublada se torna até idiota e a criança, por sua vez, bóia no sentido das músicas em inglês, que muitas vezes refletem as ações dos personagens no momento.

Outro ponto negativo na versão nacional é a ausência do curta de Piu-Piu e Frajola em 3D, que deveria ser exibido antes do filme. Ao menos na sessão para jornalistas isso não aconteceu, mas não temos informações confirmando se isso se repetirá no circuito.

Com um roteiro extremamente raso, personagens fracos com destaque e outros bem melhores pouco aproveitados, talvez Happy Feet se saia melhor se também adotar o formato de curtas-metragens, de preferência diminuindo a quantidade de números musicais e eliminando de uma vez o insuportável Mano.

Vozes originais: Elijah Wood, Robin Williams, Matt Damon, Brad Pitt, Hugo Weaving, Hank Azaria, Ava Acres, Pink. Roteiro: Warren Coleman, Gary Eck, Paul Livingston, George Miller. Direção: George Miller.

Veja também:
- Galeria com mais de 50 imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Happy Feet 2 

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil