MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
11/05/2012
REVIEW - CINEMA: PIRATAS PIRADOS!
 
 
Piratas Pirados!
 
 
 
 
 
 
 
 


Mundialmente, a Aardman pode não ser tão bem sucedida como a Pixar ou a DreamWorks, mas no Reino Unido ela é sinônimo de qualidade e sucesso. E isso tem motivo, pois suas animações estão sempre entre o que há de melhor. O que pesa são outros fatores: o uso de stop-motion (hoje em dia não muito popular), o pouco destaque em outros países e até mesmo o sucesso de A Fuga das Galinhas, que embora tenha um contexto genial, pecou no ponto mais importante, tendo pouca graça, e justamente na produção mais conhecida da empresa fora de casa.

Seu mais novo filme, Piratas Pirados! (The Pirates! A Band of Misfits, ou The Pirates! In an Adventure with Scientists, dependendo do país), une o stop-motion tradicional a um pouco de computação gráfica, criando um ótimo visual, acompanhado de um humor bem trabalhado, ao estilo da marca registrada da Aardman: Wallace & Gromit.

Na história, adaptada dos livros de Gideon Defoe (que cuida do roteiro), o Capitão Pirata (voz original de Hugh Grant) é o maior iludido dos sete mares. Sua embarcação está caindo aos pedaços, sua tripulação é composta por párias e incompetentes, e sua reputação é uma piada. Mas, mesmo assim, ele acredita que pode ganhar o Prêmio de Pirata do Ano.

Para isso, ele embarca numa aventura que o leva a Londres, se aliando ao cientista Charles Darwin (David Tennant) e entrando em rota de colisão com a Rainha Vitória (Imelda Staunton). Ironicamente, com exceção de Darwin, nenhum desses se destaca verdadeiramente no humor. Isso fica com os coadjuvantes, principalmente o Sr. Bobo, o “associado” de Darwin.

A animação em stop-motion enfrenta preconceito há anos, pois muitos a julgam limitada demais, acreditando que ela “trava” os movimentos dos personagens. Em Piratas Pirados!, graças ao esforço da Aardman e ao uso de um pouco de computação gráfica, essa teoria é definitivamente quebrada, pois há muita dinâmica nas cenas de mais ação, sem nunca perder o charme inerente a esse estilo.

Além de muito divertido, o desenho é educacional, até certo ponto, expondo diversas figuras históricas, ou, em alguns casos, personagens fictícios históricos, o que ajuda ainda mais nas inteligentes tiradas.

A dublagem nacional tem altos e baixos, algumas vezes destruindo boas piadas, e em outras arrancando risadas adicionais ao imprimir sotaques regionais a alguns personagens, algo que parece sempre funcionar bem.

Elenco: Hugh Grant, Martin Freeman, Brendan Gleeson, Russell Tovey, Ashley Jensen, Jeremy Piven, Salma Hayek, Imelda Staunton, David Tennant. Roteiro: Gideon Defoe.  Direção: Peter Lord, Jeff Newitt.

Veja também:
- Galeria de imagens da animação
- Notícias, vídeos e notas de produção de Piratas Pirados!
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil