MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
17/10/2012
REVIEW - CINEMA: RESIDENT EVIL 5 - RETRIBUIÇÃO
 
 
Resident Evil 5: Retribuição
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Resident Evil
é um exemplo de franquia de filmes inspirados em games que deu certo, pelo menos é o que demonstra a última produção ainda em cartaz nos cinemas, Resident Evil 5: Retribuição (Resident Evil 5: Retribution), que mundialmente já faturou mais de 137 milhões de dólares. Um valor baixo comparado a Resident Evil 4: Recomeço, que foi dirigido pelo mesmo Paul W. S. Anderson, mas mesmo assim, é um valor nada desprezível.

O filme se inicia exatamente onde terminou o anterior, com Alice (Milla Jovovich) e seus aliados praticamente dizimados pelas forças inimigas. Nessa nova etapa, Alice continua sua incansável luta contra a Corporação Umbrella, enquanto aguarda reforço dos aliados e obtém mais respostas sobre seu nebuloso passado. Já no início do filme, Anderson dá uma mostra do que aguarda o espectador, criando uma abertura digna de nota com uma sequência em slow-motion do ataque da Corporação Umbrella aos aliados de Alice.

Mas como tudo que é bom dura pouco, o diretor resolveu não inovar e sim, aproveitar vários elementos retirados dos quatro últimos filmes da franquia. Resultado: roteiro confuso, gerando uma história quase sem pé nem cabeça e efeitos especiais nada inovadores onde nem o efeito 3D ajuda.

Ah, mas tem sangue jorrando aos montes e uma quantidade enorme de cenas de lutas bem coreografadas. Isso talvez explique a quantidade de pessoas que foram conferir o filme nos cinemas.

Se for deixado de lado o roteiro e focarmos na ação, realmente, Resident Evil 5 repete o feito do último filme, inclusive, resgatando vários elementos e personagens usados desde o começo da franquia. Estão lá o monstrengo e a clássica armadilha laser do primeiro filme juntamente com a Rainha Vermelha, personagens que aparentemente morreram no primeiro, terceiro e quarto filmes e voltam pra atazanar a vida de Alice, os Homens do Machado, e por aí vai.

Os erros começam justamente na escolha de personagens. Tanto os novos como os antigos. Ada Wong (Bingbing Li) e Leon Scott Kennedy (Jonathan Urb), velhos conhecidos dos jogadores dos games, caem na trama de pára-quedas, forçadamente, sem um pretexto convincente. E o pior, não passam simpatia nenhuma ao público. Bingbing (sou só eu que acha esse nome ridículo?) parece um robô interpretando a sua personagem Ada, que nos games é extremamente sensual, mas que no filme, parece uma androide de saias. Já Jonathan Urb parece não ter sido avisado de que seu personagem é americano, já que ele mais parece um soldado russo com sotaque arrastado e poucas falas. Realmente, Leon merecia ser representado por alguém mais talentoso.

Em relação aos personagens que já apareceram nos filmes anteriores, ainda mais com o gancho do quarto filme, é uma decepção não ver os irmãos Claire e Chris Redfield. Os dois simplesmente sumiram sem dar explicações. Quanto aos demais, o vilão Wesker (Shawn Roberts) quase não aparece e quando faz isso, não convence em sua mudança de postura.

Rain Ocampo (Michelle Rodriguez), Carlos Olivera (Oded Fehr) e James ”One” Shade (Colin Salmon) retornam dos mortos, e principalmente a primeira é a responsável por uma das melhores cenas de ação do filme. Jill Valentine (Sienna Guillory) tem maior participação e convence como uma poderosa e fria vilã.

Para quem pensa que esqueci de comentar sobre Milla Jovovich, engana-se. Deixei por último para dizer que apesar de não convencer na atuação, já que não é uma boa atriz, é inegável que, mesmo assim, ela já incorporou o papel de Alice. O único problema é que parece que ela esquece disso quando atua em outros filmes, como foi o caso de Os Três Mosqueteiros, no qual ela interpretava uma vilã que mais parecia uma Alice medieval.

No mais, Resident Evil tem fôlego para pelo menos mais um filme, que considerando a dica deixada neste, talvez seja o último da franquia. Quem gosta de mais roteiro nos longas-metragens, agradece.

Elenco: Milla Jovovich, Michelle Rodriguez, Ali Larter, Siena Guillory. Roteiro e direção: Paul W.S. Anderson.

Veja também:
- Galeria com mais de 40 imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Resident Evil 5: Retribuição
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil