MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
30/11/2012
REVIEW - CINEMA: A ORIGEM DOS GUARDIÕES
 
 
A Origem dos Guardiões
 
 
 
 
 
 
 
 


Reuniões de heróis ou grandes astros se tornaram corriqueiras nos cinemas nos últimos tempos. Os Vingadores e Os Mercenários são os maiores exemplos. Mas que tal unir algumas das maiores lendas infantis?

É exatamente isso que a animação A Origem dos Guardiões (Rise of the Guardians) faz. Adaptando a série de livros de William Joyce (que começa a ser publicada este mês no Brasil pela Editora Rocco), o desenho apresenta um grupo de guardiões composto por Papai Noel (ou Norte, voz de Alec Baldwin), o Coelho da Páscoa (ou Coelhão, voz de Hugh Jackman), a Fada do Dente (voz de Isla Fisher) e Sandman (sem voz mesmo...).

Essa equipe protege as crianças do mundo todo e recebe agora a missão de deter Pitch (ou Bicho Papão, voz de Jude Law). Para isso, devem se unir ao mais novo guardião: Jack Frost (voz de Chris Pine), considerado irresponsável pelos demais.

Faz muito tempo que a DreamWorks se tornou uma grande potência no mundo das animações, e aqui mais uma vez demonstra o porquê. A Origem dos Guardiões pode ter uma sinopse bem infantil, mas o que temos é, independente do público alvo e do fato de se tratar de um desenho, um ótimo filme de aventura, com grandes sacadas e cenas de ação.

A qualidade da animação – visuais, movimentação, etc. – é impressionante. Poderíamos dizer que não fica devendo nada para um blockbuster de ação ou ficção, mas na verdade é a maioria dos blockbusters que ficam devendo neste caso.

Logo na primeira cena fica claro que, apesar de apresentar uma equipe, o filme tem como verdadeiro protagonista Jack Frost. Assim como Wolverine no primeiro X-Men, ele nos serve de “guia” para um novo mundo, além de contar com um passado misterioso.

Mas isso não significa que os demais personagens não tenham destaque. Norte, especialmente, se mostra muito divertido. O Coelhão rende algum conflito com Frost, enquanto a Fada fica com os momentos mais ternos. Sandman, esse sim, aparece menos, mas sempre de maneira criativa. Apagado mesmo só o vilão Pitch, pouco aprofundado, mas com bom visual.

Como é tradicional em desenhos, alguns personagens coadjuvantes acabam roubando a cena sempre que possível. Desta vez foram os duendes e yetis ajudantes do Papai Noel.

A dublagem nacional é competente. Não estraga nenhum personagem (o que, infelizmente, acontece com muita frequência), mas também não é marcante.

Mais uma vez demonstrando que as crianças estão deixando de ser o público principal das animações, A Origem dos Guardiões é um filme divertido, com alguns elementos até um tanto pesados, que só contribuem para construir um rico roteiro e um universo que com certeza ainda será mais explorado.

Vozes originais: Chris Pine, Hugh Jackman, Jude Law, Alec Baldwin, Isla Fisher, Dakota Goyo. Roteiro: David Lindsay-Abaire, baseado na obra de William Joyce. Direção: Peter Ramsey.

Veja também:
- Galeria com 45 imagens da animação
- Notícias, vídeos e notas de produção de A Origem dos Guardiões
- Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil