MATÉRIAS/REVIEWS
 
  
 
08/02/2013
REVIEW - CINEMA: MEU NAMORADO É UM ZUMBI
 
 
Meu Namorado é um Zumbi
 
 
 
 
 
 
 
 


Desde seu anúncio, o filme Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies) foi taxado como o “Crepúsculo dos zumbis”. Ao se ler apenas a sinopse, é essa impressão que se passa, de fato. Felizmente, não passa de uma primeira impressão.

Adaptação do livro Sangue Quente, de Isaac Marion, o filme apresenta um tipo bem diferente de zumbi: R (Nicholas Hoult) tem sentimentos reprimidos e vagas lembranças de sua vida. Como o próprio personagem deixa claro, isso não faz com que pare de devorar os vivos, mas pelo menos ele se sente culpado por isso.

Seus sentimentos começam a se desenvolver ainda mais quando conhece Julie (Teresa Palmer), a filha do líder das poucas pessoas ainda vivas, Grigio (John Malkovich). Apaixonado pela moça, R a protege dos demais mortos-vivos. Conforme vão convivendo, os dois iniciam uma mudança maior, despertando algo inédito nos zumbis, uma esperança para vivos e mortos.

Embora o romance seja o centro da trama, Meu Namorado é um Zumbi não chega a ser piegas ou até mesmo ridículo como Crepúsculo. Tudo isso por um simples fator: mesmo que tenha elementos de terror, ação e romance, o que amarra tudo é o humor. O amor entre os protagonistas nunca vira um dramalhão e abre espaço para novas interpretações do mito dos zumbis e outras ótimas situações.

O humor é cínico, quase britânico, e se encaixa como uma luva no tema zumbi, que sempre foi marcado – ao menos em seus melhores momentos – pelas grandes críticas sociais camufladas de filme de terror.

Por mais absurda que a ideia de uma humana se apaixonar por um corpo em decomposição pareça, isso funciona. Justamente os pontos que criticaríamos, são abordados de maneira bem humorada, anulando a grande maioria dessas criticas.

Detalhes de como é a “vida” de um zumbi são outro charme da produção. A ideia de a consciência ficar ilesa, “presa” dentro de um corpo que mal controla, torna a situação mais angustiante. É interessante também a explicação do porque mortos-vivos gostam tanto de comer o cérebro de suas vítimas.

Meu Namorado é um Zumbi, apesar do triste título nacional, que desperdiça o nome do livro, é uma grata surpresa, que tem como ponto realmente negativo apenas o desperdício de usar John Malkovich num papel de pouca expressão, onde o ator pela primeira vez em anos não rouba a cena.

Elenco: Nicholas Houtt, Teresa Palmer, John Malkovich. Roteiro: Jonathan Levine, baseado na obra de Isaac Marion. Direção: Jonathan Levine.

Veja também:
- Galeria com 30 imagens do filme
- Notícias, vídeos e notas de produção de Meu Namorado é um Zumbi
-
Outros reviews e matérias

  facebook


 


 

Seções
HQ Maniacs
Redes Sociais
HQ Maniacs - Todas as marcas e denominações comerciais apresentadas neste site são registradas e/ou de propriedade de seus respectivos titulares e estão sendo usadas somente para divulgação. :: HQ Maniacs - fundado em 19.08.2001 :: Brasil